Blog

Cabriz no histórico restaurante Quinta da Boa Vista | Rio de Janeiro

Cabriz no histórico restaurante Quinta da Boa Vista | Rio de Janeiro

O Restaurante Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, transpira História e histórias, ou não fossem as suas instalações situadas na antiga capela da residência da Família Real Portuguesa, no Rio de Janeiro. E Cabriz, o Dão mais vendido no mundo, também entra nesta história cheia de tradição, sabores, clima tropical e laços Portugal-Brasil.
Onde hoje funciona a cozinha do restaurante, em tempos era a casa do sacerdote. Da antiga capela da residência oficial do Rei D. Pedro I no Brasil – transformada em restaurante em 1954 – mantém-se a arquitetura, cuidadosamente preservada, e o ambiente, enriquecido com pinturas antigas e móveis do século XVI. Se a personalidade única deste lugar, cheio de carisma, não bastar como motivo para uma visita, deixamos-lhe mais um: Cabriz faz parte da carta de vinhos deste restaurante histórico.
A própria ementa do restaurante espelha a herança histórica do lugar. Aqui, são oferecidos aos clientes pratos como o bacalhau à D. Pedro (lombo de bacalhau grelhado, batatas portuguesas, petit-pois e palmito) – ótimo para acompanhar com Cabriz! – ou o café de filtro, feito da maneira que o Rei D. Pedro apreciava.
Ir à Quinta da Boa Vista é uma experiência, não apenas para o paladar, mas para todos os sentidos. Em homenagem aos 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil (que se mudou para o país para fugir a Napoleão Bonaparte), em 2018, os funcionários do restaurante vestiram-se com os trajes da época. A ideia foi tão elogiada pelos clientes e amigos da Quinta da Boa Vista, que essa passou a ser a farda oficial dos funcionários. Da próxima vez que for saborear um copo de Cabriz a este emblemático restaurante não estranhe se perucas, corpetes ou sobrecasacas fizerem parte da indumentária.
Os jardins palacianos que envolvem o restaurante também merecem uma visita prolongada: são lindos e um cenário maravilhoso para degustar, com calma e tempo, e em boa companhia, um copo de Cabriz. Encontramo-nos à mesa? Até já!

Partilhe em:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp