Blogue

Cabriz no histórico restaurante Quinta da Boa Vista | Rio de Janeiro

Search O melhor é conhecer, por dentro, o seu vinho preferido. Saber por onde ele anda e com quem. Ver os copos onde se entorna e as mãos que o transportam. Voar com ele e trazê-lo para casa, a cada regresso. Descobrir os segredos das vinhas e das vindimas e acompanhar as viagens que o melhor Dão do mundo faz, à volta da Terra, para levar mais longe o nome dos vinhos portugueses. O melhor?

cabriz historico restaurante quinta da boa vista rio de janeiro brasil

Foto da Semana | Cabriz nas nuvens com a TAP

Search O melhor é conhecer, por dentro, o seu vinho preferido. Saber por onde ele anda e com quem. Ver os copos onde se entorna e as mãos que o transportam. Voar com ele e trazê-lo para casa, a cada regresso. Descobrir os segredos das vinhas e das vindimas e acompanhar as viagens que o melhor Dão do mundo faz, à volta da Terra, para levar mais longe o nome dos vinhos portugueses. O melhor?

cabriz na tap

Magnólia Ramos | Brand Ambassador de Cabriz: “Sonhei poder mostrar ao mundo o que de melhor se faz no nosso país”

Search O melhor é conhecer, por dentro, o seu vinho preferido. Saber por onde ele anda e com quem. Ver os copos onde se entorna e as mãos que o transportam. Voar com ele e trazê-lo para casa, a cada regresso. Descobrir os segredos das vinhas e das vindimas e acompanhar as viagens que o melhor Dão do mundo faz, à volta da Terra, para levar mais longe o nome dos vinhos portugueses. O melhor?

cabriz magnolia ramos embaixadora de marca brand ambassador

Estufado de feijão preto, toucinho fumado e vazia grelhada

Search O melhor é conhecer, por dentro, o seu vinho preferido. Saber por onde ele anda e com quem. Ver os copos onde se entorna e as mãos que o transportam. Voar com ele e trazê-lo para casa, a cada regresso. Descobrir os segredos das vinhas e das vindimas e acompanhar as viagens que o melhor Dão do mundo faz, à volta da Terra, para levar mais longe o nome dos vinhos portugueses. O melhor?

cabriz receita toucinho fumado feijao preto estufado

Vinhos – o melhor ainda está por abrir

Desfrute dos vinhos da Cabriz. Vinhos brancos, tintos, rosés e espumantes da Cabriz, são a pedida ideal para qualquer ocasião.

Cabriz 25 anos, Cabriz Colheita Selecionada, Cabriz Biológico, Cabriz Espumante Bruto, Cabriz Espumante Meio-Seco, Cabriz Reserva e Cabriz Ímpar.

CABRIZ, a marca líder do grupo, apresenta um portefólio diversificado e inspirador, assente na qualidade da região do Dão.
Os seus vinhos são produzidos no centro de vinificação de Carregal do Sal, a sede do grupo GLOBALWINES.
Dos brancos aos tintos, passando pelos espumantes e aguardentes, os vinhos Cabriz são a companhia perfeita para qualquer ocasião.


O Restaurante Quinta da Boa Vista, no Rio de Janeiro, transpira História e histórias, ou não fossem as suas instalações situadas na antiga capela da residência da Família Real Portuguesa, no Rio de Janeiro. E Cabriz, o Dão mais vendido no mundo, também entra nesta história cheia de tradição, sabores, clima tropical e laços Portugal-Brasil.

Onde hoje funciona a cozinha do restaurante, em tempos era a casa do sacerdote. Da antiga capela da residência oficial do Rei D. Pedro I no Brasil – transformada em restaurante em 1954 – mantém-se a arquitetura, cuidadosamente preservada, e o ambiente, enriquecido com pinturas antigas e móveis do século XVI. Se a personalidade única deste lugar, cheio de carisma, não bastar como motivo para uma visita, deixamos-lhe mais um: Cabriz faz parte da carta de vinhos deste restaurante histórico.

A própria ementa do restaurante espelha a herança histórica do lugar. Aqui, são oferecidos aos clientes pratos como o bacalhau à D. Pedro (lombo de bacalhau grelhado, batatas portuguesas, petit-pois e palmito) – ótimo para acompanhar com Cabriz! – ou o café de filtro, feito da maneira que o Rei D. Pedro apreciava.

Ir à Quinta da Boa Vista é uma experiência, não apenas para o paladar, mas para todos os sentidos. Em homenagem aos 200 anos da chegada da Família Real ao Brasil (que se mudou para o país para fugir a Napoleão Bonaparte), em 2018, os funcionários do restaurante vestiram-se com os trajes da época. A ideia foi tão elogiada pelos clientes e amigos da Quinta da Boa Vista, que essa passou a ser a farda oficial dos funcionários. Da próxima vez que for saborear um copo de Cabriz a este emblemático restaurante não estranhe se perucas, corpetes ou sobrecasacas fizerem parte da indumentária.

Os jardins palacianos que envolvem o restaurante também merecem uma visita prolongada: são lindos e um cenário maravilhoso para degustar, com calma e tempo, e em boa companhia, um copo de Cabriz. Encontramo-nos à mesa? Até já!


Foto da Semana | Cabriz nas nuvens com a TAP

Durante o segundo trimestre de 2018, sempre que viajar na TAP – Air Portugal vai ter a oportunidade de saborear Cabriz Colheita Selecionada Rosé. Na foto desta semana, mostramos-lhe um assistente de bordo pronto a servir aos passageiros o melhor. Fasten your seatbelts! 😉


Magnólia Ramos | Brand Ambassador de Cabriz: “Sonhei poder mostrar ao mundo o que de melhor se faz no nosso país”

1. Como é que entraste no mundo dos vinhos?

Não foi amor à primeira vista… A minha primeira formação foi na área das Ciências Farmacêuticas. Fui farmacêutica durante cerca de 3 anos. Depois, por influência do enólogo lá de casa, o meu irmão – e após conhecer a turma da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV) durante a sua passagem por Portugal – a paixão pelo mundo do vinho começou a crescer. E foi nesse momento que decidi embarcar na maior aventura da minha vida: abandonei a farmácia e inscrevi-me no MSc in Wine Management, percorrendo 26 países em 11 meses e provando mais de 3000 vinhos de todo o mundo! Quando regressei a Portugal sonhei poder mostrar ao mundo o que de melhor se faz no nosso país. Escolhi a área da exportação. Adoro o que faço, sou uma sortuda. Gosto muito de comunicar e poder explicar o potencial dos vinhos que o nosso país está a produzir. E a aventura no mundo dos vinhos ainda agora começou…

2. O que é que Cabriz tem que o distingue de todos os outros vinhos?

É impossível falar de Cabriz sem fazer referência à região. Já o slogan diz que “Dão é Cabriz”. O Dão, “dono” de um terroir único, berço da Touriga Nacional – casta portuguesa reconhecida a nível internacional – e do Encruzado, que dão origem a vinhos de uma elegância indiscutível e com uma capacidade de envelhecimento singular. Cabriz tem tudo isto e muito mais… E ainda só passaram os primeiros 25 anos!

3. Queres oferecer um vinho Cabriz a um grande amigo. Qual é que escolhes e porquê?

Cabriz tem um vasto portefólio de vinhos que se adequam aos vários momentos de convívio, refeição, festa e celebração. Escolheria um branco e um tinto: Cabriz Reserva Branco – um 100% encruzado, com grande delicadeza, elegância e complexidade aromática – e Cabriz Touriga Nacional Tinto – de aromas intensos e complexos a notas florais e a frutos vermelhos maduros, bem estruturado e com um elevado potencial de envelhecimento.

4. Indica um cenário e uma companhia perfeitos para saborear Cabriz.

Uma festa com amigos, a comemorar com “o melhor”: Cabriz!

5. Completa: Cabriz é… O Melhor! Um vinho com uma ótima relação qualidade/preço que faz as delícias de muitos portugueses e não só! Por esse mundo fora, é uma marca reconhecida pelo consumidor e pelos críticos internacionais que o colocam nos Top 100 e lhe atribuem medalhas e pontos acima dos 90. É um orgulho trabalhar para uma marca com este tremendo potencial.


Estufado de feijão preto, toucinho fumado e vazia grelhada

No mês em que se comemora o Descobrimento do Brasil, celebrado a 22 de Abril, o nosso chef Henrique Ferreira deixa-lhe uma sugestão gastronómica, inspirada num clássico brasileiro.

Estufado de feijão preto, toucinho fumado e vazia grelhada
Por Chef Henrique Ferreira

Ingredientes (para 4 pessoas)

Para o estufado de feijão preto e toucinho fumado:

– Azeite (0,05L)
– 1 Cebola
– 2 Dentes de alho
– Toucinho Fumado (100 gr.)
– Linguiça (100 gr.)
– Feijão preto (400 gr.)
– Vinho tinto (a gosto)
– Sal, pimenta e piri-piri q.b.

Para o molho da Vazia:

– 1 Cebola roxa
– 2 Dentes de alho
– 1/2 Pimento vermelho
– ½ Pimento verde
– Azeite (0,4L)
– Vinagre (0,2L)
– Vinho branco (a gosto)
– Sal, pimenta, piri-piri e colorau q.b.
– Folhas de coentros qb
– Gengibre qb

Para a Vazia:

– Vazia (800 gr.)
– Flor de sal q.b.

Preparação

Para o estufado de feijão preto e toucinho fumado:
Refogar em azeite o alho, a cebola e o toucinho fumado cortados em juliana fina. Refrescar com vinho tinto e deixar evaporar o álcool. Juntar o feijão preto previamente cozido e a água da sua cozedura. Retificar temperos.

Para o molho da Vazia:
Misturar num recipiente a cebola, os pimentos, os coentros e o alho previamente cortados em brunesa fina. De seguida, juntar os ingredientes líquidos e retificar temperos.

Vazia:
Grelhar a vazia cortada finamente em ponto a gosto. Temperar com a flor de sal.
Depois do empratamento, polvilhar com farofa a gosto.

Para acompanhar este prato o enólogo de Cabriz, Osvaldo Amado, recomenda:
Cabriz Reserva tinto.